Temperatura: o principal influenciador na qualidade de grãos e sementes | Blog - Termoprol - Tecnologia em refrigeração Whatsapp

Temperatura: o principal influenciador na qualidade de grãos e sementes

As áreas de produção de grãos no Brasil demonstrou um grande crescimento nos últimos anos, graças a diversos fatores que têm sido aperfeiçoados e colocados em prática. Entre eles, pode-se salientar a ampliação do aprimoramento genético, que vem possibilitando o cultivo em diversas regiões.

Contudo, o potencial genético apresenta efetivos resultados se houver um sistema de multiplicação de sucesso. Diante disso, o armazenamento de sementes possui um papel extremamente importante, pois submeterá os grãos e sementes por um longo período de tempo. Qualquer falha neste processo pode comprometer severamente o trabalho do produtor. 

Para atingir o máximo potencial produtivo, o armazenamento deve ser realizado de maneira correta, o que exige condições de temperatura e umidade específicas. Tratando-se de armazenamento de sementes, a temperatura é a característica mais relevante do processo, pois posteriormente pode comprometer sua capacidade de germinação. Na grande maioria das culturas, a temperatura ideal para armazenamento é em torno de 15ºC, enquanto para milho e soja, abaixo de 20ºC, onde alguns produtores trabalham com 10 ºC. Algumas empresas formulam condições de operação variando a umidade em relação à temperatura.

Realizar o controle do clima é primordial para assegurar o melhor aproveitamento dos grãos e sementes. Para atender às necessidades dos produtores deste segmento, a Termoprol desenvolveu monoblocos e unidades condensadoras exclusivos para armazenamento destes produtos e demais que exijam soluções em refrigeração e umidade. Acesse nossa linha de câmaras de armazenamento! 

 

Nós
queremos
ouvir você

Nós queremos ouvir você
Ligue para
ENVIAR